Siga-nos

Cobertura FFWS

Com direito a quatro BOOYAHs, Phoenix Force fatura o primeiro Free Fire World Series 2021; LOUD é vice

É o segundo título da organização, que como EVOS venceu o Free Fire World Cup em 2019

O primeiro dos dois Free Fire World Series (FFWS) prometidos para 2021 terminou com Phoenix Force soltando o grito de campeão, neste domingo (30), após acumular 113 pontos por conta dos quatro BOOYAH! e 48 eliminações obtidas.

Com o título, a equipe faturou $500 mil dólares em prêmio, enquanto LOUD, vice-campeã, levará para casa $250 mil dólares, e aos terceiro e quarto lugares, respectivamente, Silence e Fluxo serão dados $100 mil dólares.

É importante ressaltar que a Phoenix Force se classificou sob o nome de EVOS Tailândia, o qual precisou ser trocado para adequação da regra do FFWS já que a EVOS teve outro time disputando o mundial, EVOS Divine, o melhor time da Indonésia.

Trata-se do segundo título para a EVOS em torneios internacionais de Free Fire. A organização venceu o Free Fire World Cup 2019, o primeiro campeonato a nível mundial, com a EVOS Capital. Nesta competição, o Brasil foi representado por RED Canids e Golpistas Veteranos.

Quer saber mais sobre Free Fire? Siga a Tropa Free Fire nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter!

COMO FORAM AS QUEDAS

Bermuda foi o primeiro mapa jogado nas quedas válidas pela fase final e a Phoenix Force deu show. A equipe ficou com o BOOYAH! após 11 eliminações e levar a melhor sobre Team Ace e Silence na queda final. LOUD e Fluxo terminaram a partida, respectivamente, em 5º e 10º lugar.

As equipes seguiram para se enfrentar em Kalahari e lá, mais uma vez, a representante da Tailândia dominou as adversárias ao também conseguir 11 eliminações e ficar com o BOOYAH, desta vez levando a melhor sobre Silence e VIP. Nesta queda, Fluxo ficou em 5º e a LOUD em 10º

A Phoenix Force conseguiu a famosa trinca em Purgatório. O esquadrão tailandês até não conseguiu muitas eliminações, já que obteve oito, mas o BOOYAH! veio com a equipe levando a melhor sobre as equipes brasileiras: LOUD e Fluxo terminaram a partida, respectivamente, em 2º e 3º lugares.

Bermuda volta a receber as equipes na quarta queda, a qual ficou nas mãos da HQ. A equipe não conseguiu muitas eliminações, duas, mas levou a melhor sobre Phoenix Force e LOUD, que ficou em 3º. Já o Fluxo ficou em 6º.

HQ conseguiu dobradinha no retorno das disputas em Kalahari, novamente não conseguindo muitas eliminações. Desta vez foi apenas uma. Na queda final, o time levou a melhor sobre a dupla brasileira e, mais uma vez, contra Phoenix Force. Fluxo e LOUD ficaram, respectivamente, em 2º e 4º lugares.

A última queda foi disputada em Purgatório, que começou com Fluxo sendo eliminado logo de cara. O BOOYAH! ficou com a Phoenix Force, que na última safe levou a melhor sobre a “irmã” EVOS Divine e Silence.

Gamers Club
Fique por dentro de todas as novidades que a Gamers Club está trazendo para o cenário de esports.
Conheça a Gamers Club

Facebook

Veja mais

Gerador de Codiguin