Siga-nos
Reprodução/Instagram/camilotaxp

Noticias

CamilotaXP: “No Free Fire eu me encontrei como pessoa”

Apresentadora diz que se sentiu valorizada pela Garena

Um dos grandes nomes do cenário de Free Fire inegavelmente é Camila Silveira, a CamilotaXP. A apresentadora personifica o game durante as transmissões das competições trazendo alegria e alto astral. De acordo com Camilota, somente quando chegou ao frifas, em novembro de 2019, ela pode ser realmente ela.

No Free Fire eu me encontrei como pessoa, como personalidade. Pude pintar meu cabelo, que não podia fazer isso na Riot. Eu pude meter o louco, pude ser eu“, desabafou a apresentadora durante o Combo Podcast.

Camilota revelou que na Riot Games, existia um padrão de transmissão, por isso, era limitada em alguns momentos. Além disso, ela não a empresa tão interessada no trabalho dela, apresentando projetos e contratos. Esse foi um dos motivos para ela ter trocado a desenvolvedora do League of Legends pela Garena.

Eu estava sentido falta de desafios no League of Legends. Faltava a Riot pra mim. E não vinha, não vinha… Eu entrava em desespero, eu ficava chateada, eu ficava triste, ficava decepcionada, foi um ano bem difícil pra mim“, comentou.

Quer saber mais sobre Free Fire? Siga a Tropa Free Fire nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter!

A também streamer explicou que o Free Fire surgiu como um desafio importante para ela e que seria quase impossível não aceitar.

E aí surgiu Garena querendo me levar para o Free Fire. E nessa época eu estava sentido falta de um desafio, de algo mais, de algo diferente, de entender um jogo novo, de uma nova experiência. O Free Fire estava bombando também na época e isso influenciou na minha decisão“, explicou.

E tudo que eles (Garena) me mostraram na época fizeram meus olhos brilharem. Eu iria ser o destaque. Eles me queriam não para ser uma mera apresentadora. Eu vou ser A apresentadora do Free Fire. Vou ser o rosto do Free Fire no Brasil. Vou ser a cara da Garena. E é como a Garena me trata. A Garena me trata de uma maneira absurdamente diferente que qualquer outra empresa me trataria“, completou.

Nobru e CEROL

Durante o Combo Podcast ela também comentou sobre Bruno “Nobru” Goes e Lucio “Cerol” dos Santos Lima. De acordo com Camilota, mesmo com todas as conquistas, a dupla se mantém humilde com todos. Uma essência que se torna exemplo para todos os que acompanham.

Eu bato palmas para esses meninos, Nobru, CEROL… O Nobru tem 20 anos e é dono de empresa. A responsabilidade que ele tem nas costas é absurda. Tem que ter muito pé no chão. Além do que ele é dono da organização, ele joga, responde marcas, tem o campeonato dele. E o Cerol tem a mesma coisa. E mesmo sendo muito ricos, são muito humildes“, comentou.

Gamers Club
Fique por dentro de todas as novidades que a Gamers Club está trazendo para o cenário de esports.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Facebook

Anúncio

Veja mais

Mais em Noticias