Siga-nos

LOUD

PlayHard sobre o Esports Awards: “Todas as categorias que a LOUD participou, ficou no Top 3”

CEO da LOUD falou um pouco sobre a participação da organização no Esports Awards

Na última terça-feira (23), o CEO da LOUD, Bruno “PlayHard” Bittencourt comentou um pouco sobre a participação da organização no Esports Awards. Segundo ele, em todas as categorias que a verdinha participou, a organização garantiu, no mínimo, uma 3ª colocação.

“Não sei se eles vão liberar isso publicamente, mas eles disseram que todas as categorias que a gente (LOUD) participou, a gente ficou no mínimo top 3. Todas que a gente participou a gente pegou ou Top 3 ou Top 2, porque a gente não ganhou nenhuma. Os cara falaram isso para gente depois do evento daí, então foi muito quase. Eu acho que na produção de vídeo, a gente ficou em segundo e perdeu para a G2. Na da jogada, do Kroonos, a gente ficou em terceiro, que saiu lá o resultado. Na de melhor jogador, que estava o Cauan, a gente, eu acho, que ficou em terceiro também, ou segundo, não sei. Na de melhor organização, o que eles falaram lá, é que a gente ficou em segundo, eles falaram que ficou entre nós e os gringos que ganhou (100 Thieves)” – Disse PlayHard.

Quer saber mais sobre Free Fire? Siga a Tropa Free Fire nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter!

A LOUD estava presente em diversas categorias no Esports Awards, sendo elas:

  • Organização do ano – LOUD
  • Jogador de celular do ano – Cauan7
  • Streamer do ano – Coringa

A organização não conseguiu vencer em nenhuma das categorias, porém, foi a organização brasileira com maior representatividade na premiação com três representantes, um a mais que o Fluxo que também concorreu na categoria “Jogador de celular do ano” e teve Nobru como vencedor da categoria “Personalidade do ano.

Gamers Club
Fique por dentro de todas as novidades que a Gamers Club está trazendo para o cenário de esports.
Conheça a Gamers Club

Facebook

Veja mais