Siga-nos

Noticias

Equipes profissionais são banidas por uso de hack

Um jogador de cada equipe estaria utilizando hack durante a competição

Duas equipes profissionais foram banidas do Free Fire India Championship 2020 pelo uso de hack. Uma das maiores competições do país viu as equipes Route Changers e Soar Silently serem desclassificadas da competição porque o anti-cheat da Garena aponto o uso de trapaça em dois jogadores.

+ Apesar de irregularidade na LBFF, Moreira da INTZ garante “essa vaga na final é nossa”
+ Nobru e Ana Xisde são finalistas no Oscar do esporte eletrônico

AngryBird, jogador da Route, e RAHUL18, da Silently, foram pegos pelo sistema que combate hackers no battle royale da Garena. Como punição, os times foram banidos da competição, que gerou grande revolta por parte de uma das equipes.

Ver essa foto no Instagram

#FFIC2020

Uma publicação compartilhada por Soar Silently – FreeFire (@soarsilently_official) em

Nas redes sociais, a Silently respondeu as acusações negando o uso de trapaça no time. Além disso, eles apontaram, também, que pediram provas, mas que a organização do torneio se recusou a entregar.

“Nós temos 100% de certeza que nosso companheiro de time não usou hack. Só por não sermos uma equipe conhecida, eles nem nos escutaram e torturaram mentalmente os dois times”, disse a organização por meio de uma nota nas redes sociais.

Gamers Club
Fique por dentro de todas as novidades que a Gamers Club está trazendo para o cenário de esports.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Facebook

Anúncio

Veja mais